quinta-feira, 27 de agosto de 2009

O Quase Nerd e a Pseudo-Intelectual

Era uma vez um "Quase Nerd" e uma "Pseudo-Intelectual", eles viviam suas vidas solitárias e sempre inconstantes, tratando todos com tamanha diferença e completa arrogância.
Eles tinham por hobbie julgar por prazer e diminuir os outros para se auto-promover.
Um dia o "Imperfeito Menino" cansado das idiotices cometidas pela dupla inconstante, resolveu fazer tudo do seu jeito e provou que o "Quase Nerd" e a "Pseudo-Intelectual" não eram como pareciam.
Conhecido por ser o vilão das histórias, ele fez com que os dois inteligentes caissem na maior cilada,provando que os Mocinhos na verdade eram também vilões.
Sim, os que se julgavam inteligentes foram manipulados e o "Imperfeito Menino" tirou com precisão toda e qualquer informação que ele queria.
Ao fazer isso ele despertou de um sonho e percebeu que nada era como ele achava.
A arma da manipulação arrancou as máscaras do "Quase Nerd" e da "Pseudo-Intelectual" e o vidro da falsa amizade espatifou-se ao cair no chão da realidade.
Em uma manhã cinzenta o "Imperfeito Menino" saiu e em um lugar longínquo abriu duas covas e saiu para resolver assuntos pendentes com "Quase Nerd" e a "Pseudo-Intelectual".
E em um momento de extrema verdade o "Imperfeito Menino" colocou as cartas nas mesas e deixou sua sorte na mão do destino.
Mas como a verdade é algo que assusta.
O "Quase Nerd" E A "Pseudo-Intelectual" feriu como quem fere um gado e marcou como se marca uma ferida a vida imperfeita do Menino ao usar e capa da falsidade e atacar a verdade.
No momento exato em que "Quase Nerd" e a "Pseudo-Intelectual" atacaram a verdade, a verdade veio e os atacou.
E ao fazerem isso eles automaticamente se jogaram dentro da cova outrora aberta.
E o "Imperfeito Menino" observou a queda , encheu de terra a sua mão, fechou a cova e cravou a cruz do "Fim"
O "Quase Nerd" e a "Pseudo-Intelectual" morreram.
E nesse funeral a terra levou consigo, lembranças, momentos e grandes decepções.
O "Imperfeito Menino" tornou-se diferente e descobriu que a perfeição está na sinceridade, que a honestidade não é sinônimo de verdade e que Nada é pra sempre.

"Por maior que seja a mentira
Nada vence a verdade.
E se a verdade for dita, não ataque-a
Mas aceite-a, pois ela pica como abelhas
E é fria como a mão da morte"
Bom, coloquei essa crônica que é de minha autoria para que vocês pudessem refletir sobre o assunto citado, as decepções ensinam e a verdade é linda, porém muito poderosa.
Faz o seguinte olhe-se no espelho e veja se a pessoa que está te olhando é a pessoa que você quer ser.
Tudo pode ser resolvido, mudanças existem e a verdade aparece, você vai ver!
Download Especial: Danni Carlos - Arcanjo
Um Grande Abraço
Junior Beckmann

2 comentários:

  1. Caramba JuH....

    História triste =/

    Mais ainda bem que existem pessoas que eu tenho creteza que Ama muito esse imperfeito menino.....

    ResponderExcluir
  2. Junior, na vida real quem são esses?

    [eu sempre achando que por trás das histórias tem gente real no meio

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk]

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...