domingo, 21 de julho de 2013

Diário do Junior Beckmann - MARÇO - 2013

O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete.

Começar um novo post significa reavaliar alguns passos dados.
Porque as vezes o passado está tão próximo que parece que não passou, mas esse mesmo passado ao mesmo tempo está tão longe, que parece que não existiu!
E a parte difícil de falar do passado é não deixar o futuro interferir ...

Eis aqui mais um dos meus momentos
Sejam bem vindos ao 
Diário do Junior Beckmann




MARÇO : 

- Mais Desperate Housewives
- Mais Sérgio ...
- Alguns filmes
- Alguns livros
- BBB13
- Salvei alguns amigos
- Vivi milhões de arrependimentos
- Tive uma páscoa feliz
- Conheci um certo alguém que modificou tudo

É eu estava feliz. Pelo menos era o que eu achava  ...



MARÇO 2013

Nada é justo
E eu sei que vai voltar
Vou encarar a equação
Afogado em minhas lembranças
Vou andando as escuras
Vou orando sem querer
Eu sou apenas um estranho
Perdendo o próprio chão 

Alma e estilo
É nada no meu mundo
Eu vou lutar
Dos pés a cabeça
Porque eu sou um vitrine
Que o coração sente falta
Nos meus sonhos adolescentes
Vejo arcanjos armados

Meu pior erro
Foi aproveitar o caminho
Porque em 24 horas
A minha mágica foi perdida
Mas serei fiel a mim
Fiel a minhas cinzas
Esta noite serei de aço
Esta noite serei o futuro

Espiando mentiras
Vou desenhando bilhões de sorrisos
A minha morte cerebral
Vai te deixar sem ar
Mas eu vou nos reconstruir
Partindo dessa eterna sombra da nossa própria destruição.



As vezes para encontrarmos um objeto perdido é necessário um faxina completa.
E as vezes começamos a faxina sem saber se temos os produtos de limpeza necessário para que ela seja boa!
Comigo foi assim, a bagunça que eu me meti foi tanta que eu comecei a arrumar coisas que não precisavam de arrumação.
Encostei na parede momentos que mereciam apenas carinho
E perdi parte de mim ao inventar um felicidade fingida ...
Eu queria esquecer coisas que não era para ser esquecida
Eu tentei destruir sentimentos e acabei por destruir a mim mesmo!

Eu fiz da vida uma madrasta
Quando ela só queria ser um boa mãe ..

Contudo, não importa o tamanho da sua bagunça
Ou o tamanho dos seus problemas
Não importa o que você está tentando esconder de você mesmo
Não importa as lagrimas que seu travesseiro suporta
Ou as orações que você fez sem querer
Não importa, nada disso importa
Porque se você tiver em si uma vontade do tamanho de um grão de mostarda de melhorar, isso será o suficiente para você seguir em frente sem olhar para trás ...

Aristóteles disse :
O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete.

O seu momento ignorante possou
Porque você está sendo capaz de duvidar
Mas será que será capaz de refletir?

Eu espero que sim
Porque isso modifica tudo!


Hasta La Vista!
Junior Beckmann










Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...