sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Diário do Junior Beckmann - SETEMBRO - 2013

... amor só dura em liberdade ...

Enquanto o sol enlouquece do lado de fora do meu quarto, eu sinto o calor derreter parte das lembranças que hoje ficarão para sempre aqui.
Essa é a ultima vez que falo sobre o que virá.
A ultima vez que vou sentir a necessidade de reviver aquilo que passou.
Essa é e será a ultima vez que o INSTANTE será citado aqui.
Porque entre morrer e viver, eu escolhi viver!

Sejam bem vindos ao nono
Diário do Junior Beckmann

Alguém disse por ai que também somos aquilo que perdemos.
E eu perdi, pelo menos era isso o que eu achava ...


SETEMBRO :

- 2 anos e 8 Meses de L+I
(Eu acreditei até o fim.)
- Fim da era INSTANTE.
(Porque pela internet/celular as pessoas são mais corajosas?)
- Tchau Kaíque, Tchau era RASTAPOP.
(Duas cartas, dois metrôs e adeus ...)
- Me tornei O Mago do 4.
(Foi uma das coisas mais sinceras e brilhantes que já li em toda a minha vida)
- Conversei com os meus amigos.
(Alguns ouvem, outros falam ...)
- Maratona Amor á Vida, Queer As Folk e Glee a todo vapor.
- Ouvi os Albuns 'Novo Millennium - Raul Seixas', 'Stars Dance - Selena Gomez', '#AC - Ana Carolina', 'Unapologetic - Rihanna' e 'Empezar Desde Cero - RBD'
- Mark Winchester
(We Chat, domingo, colar, 27 e algo novo surgirá)
(Essa Xtina nunca para de me surpreender.)
- CINEJB : Ela e os Caras, Noivas em Guerra e Alpha Dog
- Li Vencendo o Passado (Zibia Gasparetto), O Doce Veneno do Escorpião (Bruna Surfistinha) e A Cabana (William P. Young)
- Vi a Monique Evans ganhar A Fazenda através da Barbara Evans
- Assisti a quinta temporada de The Voice.
- Eu chorei ao som de Nada Além de Ti 
(Realmente Senhor, eu não tenho nada e não sou nada)
- E finalmente voltei a sorrir.



SETEMBRO 2013

Longe de algumas cinzas
Estou bem perto de partir.
Não vai dar pra continuar
Pois esse amor só dura em liberdade.
Eu sou O Mago do 4
Mas não perdi o medo da chuva.
Só quero ficar vivo sem aqueles arrependimentos.
Vou esquecer para sempre o seu nome.
Vou desaparecer para seguir em frente.
Nosso amor será lembrado nas contas a pagar.
Esse será o beco sem saída
E essas são as coisas que se perde.
Fale de mim porque eu sou diferente
E eu vou falar de você por ser sempre igual.
Da cara ao coração.
Vou fugindo sem fazer barulho
Já que não dei conta do seu ínfimo recado.
Eu achei alguém melhor que você.
Alguém que é um diamante no céu.
Darei meu grito de liberdade
E serei salvo por milhões de novos momentos.
Vou sobreviver pelos símbolos do dia 27.
Vou também começar do zero
Pois estou pronto para sofrer de novo.



Eu nunca perdi tanta coisa em tão pouco tempo.
Setembro veio com força. Veio fazendo barulho.
Na maior simplicidade do meu ser eu orei a Deus pedindo que ele 'passasse a minha vida na peneira'.
Eu queria que um reboliço acontecesse e que deixasse na minha vida somente aquilo que era para o melhor. Aquilo que era o certo para mim.
Mas eu jamais imaginei que isso significaria o término do meu namoro e a ida de um amigo para longe.

Foi um mês difícil.
Vi minha vida sendo definida por milhões de idiotices.
E fui largado no meio do caminho pela segunda vez através de uma mensagem no WhatsApp.
Mas dessa vez foi tudo muito diferente.
Diferente porque eu estou diferente e porque eu fui alertado sobre o que viria. Afinal, eu pedi!
Nos primeiros dias doeu, doeu tanto que achei que não fosse suportar.
Mas eu via em cada rosto que me olhava uma força que foi capaz de mostrar que não valia a pena.
Cada mão que se fechava em sinal de força, era uma injeção de ânimo, era meu lembrete diário dizendo :
 - Ei Beckmann, você é um FIGHTER!

Sim, eu fui deixado, largado e por diversas vezes humilhado.
Mas eu fiz uma escolha sensata através da escolha que me deram
E tive exito!

Raul Seixas canta em A Maça :
Amor só dura em liberdade.
O ciúme é só vaidade.
Sofro, mas eu vou te libertar.

O meu amor foi forte o suficiente para eu libertar aquilo que tinha que ser liberto..
E no final de tudo, eu conquistei a liberdade.
O que significa que eu realmente me amo.

Portanto, conquiste amor próprio.
Liberte o que tem que partir e comece do zero.

 A fé e o amor próprio colocam em pé até aquilo que não tem mais raiz.

Para o INSTANTE e o RASTAPOP o meu ADEUS.
Para o meu Deus todo o meu louvor.
Para os amigos o meu muito obrigado.
E para você Hasta La Vista!


Junior Beckmann



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...